A aromaterapia nos cuidados paliativos

 em Bem-estar

Na Europa, a aromaterapia – terapia natural baseada nas ações das moléculas aromáticas dos óleos essenciais – está cada vez mais presente nos hospitais, sobretudo, nos serviços de geriatria e de cuidados paliativos, pois, além de promover um real conforto aos pacientes ela é muito eficaz e de uso extremamente agradável.

Contrariamente ao que se pensa, os cuidados paliativos não são apenas para quem sofre de doenças incuráveis. Eles também são indicados para quem vive doenças longas, crônicas ou situações como a velhice ou algumas deficiências físicas.

Os profissionais visam o bem-estar global do paciente. Buscam proporcionar conforto e melhorar a qualidade de vida aliviando os sintomas incômodos, principalmente a dor e o stress. Não se trata de tentar prolongar a vida, mas de considerar a morte um processo natural.

Os doentes crônicos colocam o mundo médico em face dos seus limites e eles necessitam mobilizar novos recursos para atender as necessidades dos pacientes. (Weber e al., 2012, p. 1935). Estima-se que na Europa, entre 15 a 70% dos pacientes portadores de um câncer usaram medicina complementar ou alternativa (Schlaeppi & Templeton, 2014, 0p. 689).

A aromaterapia nos cuidados paliativos

A aromaterapia é o uso dos óleos essenciais, oriundos de plantas, para tratar um sintoma especifico. É usado especialmente na forma cutânea (aplicada por meio de massagem) e olfativa.

Vários estudos demonstram a ação positiva dos óleos essenciais como complemento dos tratamentos convencionais. Muitos hospitais renomados usam os óleos essenciais nos tratamentos de suporte e apoio, para acompanhar, aliviar e promover o conforto e bem-estar dos seus pacientes.

Os óleos essenciais possuem várias indicações que são muito convenientes para tais cuidados, como: alívio das dores, alívio das dores musculares e articulares, alívio das angústias, ansiedades, stress, tensão, prevenção e cuidados de problemas cutâneos.

Os óleos essenciais

Os óleos essenciais são substâncias naturais extraídas de plantas aromáticas por meio de vapor d’água. Devido à sua grande concentração molecular, os óleos essenciais são produtos muito eficazes. Por serem muito estudados e objeto de inúmeras pesquisas e publicações científicas, hoje, são bem conhecidas as suas indicações, contraindicações e modo de utilização. Eles fazem parte de protocolos rigorosos de tratamentos paliativos de muitos serviços hospitalares europeus. São um complemento terapêutico natural para proporcionar conforto e bem-estar aos pacientes e seus familiares. 

Grande facilidade de permeação e ação sistêmica das moléculas ativas dos óleos essenciais

Por serem lipófilos e possuírem um baixo peso molecular, os óleos essenciais são facilmente absorvidos pelo organismo, seja por meio da pele, seja pela respiração. Eles atingem rapidamente a circulação sanguínea e, em média, permanecem no organismo de 8 horas a 3 dias antes de serem eliminados pela urina, fezes e pulmões. Durante este tempo, eles circulam no sangue e exercem suas funções.

Eficácia e suavidade

Apesar de serem muito ativos e de ação bastante rápida, os óleos essenciais têm poucos efeitos secundários quando usados corretamente.

As várias formas de uso dos óleos essenciais

Os óleos essenciais, via de regra, são deliciosamente perfumados, o que torna o seu uso muito agradável. Eles podem ser utilizados de diferentes formas: difusões atmosféricas, inalações, aplicação cutânea, massagens, via oral e outras.

Como os óleos essenciais têm sido utilizados nos serviços hospitalares de tratamentos paliativos e geriatria?

A aromaterapia é conhecida como uma terapia complementar. O National Center of Complementary and Alternative Medicine (NCCAM) dos Estados Unidos, define a medicina complementar e alternativa como um grupo de vários sistemas práticos e produtos que não são considerados, até o momento, como fazendo parte da medicina tradicional. Faz-se ainda uma distinção entre medicina complementar e alternativa. A alternativa substitui a convencional. A complementar é usada juntamente com a medicina convencional.

A aromaterapia é um complemento da medicina tradicional que tem a finalidade de oferecer maiores benefícios aos pacientes em relação à sua saúde, conforto e qualidade de vida. 

Dentre as suas várias formas de uso possíveis, pela segurança e eficácia, prevalece o uso dos óleos essenciais em difusão atmosférica, inalação e massagem..

Para quais finalidades os óleos essenciais são usados nos cuidados paliativos e geriatria?

  • Para a gestão do stress, ansiedade, insônia: massagem relaxante e difusão atmosférica;
  • Para o cuidado de feridas malcheirosas: difusão atmosférica e aplicação cutânea;
  • Para o alívio de dores e inflamações: massagens locais;
  • Para o alívio de náuseas, vômitos, falta de apetite: inalação e difusão atmosférica;
  • Para a desodorização do ambiente, assepsia atmosférica e acolhida olfativa: difusão atmosférica e inalação.

Os óleos essenciais contra o stress

A descoberta de uma doença, os exames, as consultas, o tratamento, o desconhecido… tudo isso é fonte de stress, ansiedade e medo. Emoções negativas que contribuem para a queda do sistema imunológico.

Vários óleos essenciais com propriedades calmantes podem ajudar a relaxar e a dormir melhor. Pela via da inalação, difusão atmosférica e, sobretudo pela aplicação cutânea, de modo especial pela massagem relaxante, eles podem ser um bom auxilio. As sinergias de óleos essenciais, devidamente diluídas em óleos vegetais, devem ser aplicadas nos punhos, plexus solar, planta dos pés, peito, lóbulos das orelhas ou serem aplicadas em todo o corpo por meio de uma massagem.

Os óleos essenciais para o alívio da dor

Muitos óleos essenciais possuem propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antirreumáticas. Têm excelente ação no alívio da sensação de dor. Eles são de grande auxílio como forma de controle não medicamentoso e devem ser usados de acordo com o patamar de dor apresentado. O seu uso pode ser oral ou cutâneo. É importante frisar que todo tratamento, mesmo sendo natural e complementar, deve ser previamente aprovado pelo médico do paciente, sobretudo, se o uso dos óleos essenciais for feito pela via oral. A via de administração oral, somente pode ser indicada, em conjunto, pelo médico e aromaterapeuta. 

As maneiras mais seguras de usar os óleos essenciais têm sido as escolhidas pelos serviços hospitalares de cuidados paliativos e de geriatria: via olfativa e cutânea. As massagens com óleos essenciais para o alívio da dor devem ser feitas no local da dor. Também constata-se a eficácia da aplicação dos óleos essenciais nas zonas reflexas. É importante lembrar que para a aplicação na pele os óleos essenciais, devem estar devidamente diluídos em óleo vegetal.

Os protocolos que associam massagem e aromaterapia

Dentre os protocolos propostos para cuidados paliativos e geriatria, estudos científicos demonstram ter grande benefícios as intervenções feitas com as massagens aromáticas (massagens com óleos essenciais) para aliviar os desconfortos  físicos, emocionais e melhorar a qualidade de vidados pacientes.

A massagem aromática

A massagem é uma das formas privilegiadas de atendimento aos pacientes de cuidados paliativos ou idosos. Os seus efeitos são bastante potencializados quando à massagem é associada aromaterapia, ou seja, quando ela é realizada com óleos essenciais. Nesse caso, ela é denominada: Massagem Aromática.

A massagem segundo a American Massagem TherapyAssociation (AMTA) consiste na aplicação de técnicas manuais como a manipulação dos tecidos moles, para obter a saúde e o bem-estar da pessoa massageada. Na dimensão física, o tato é o sentido por meio do qual o ser humano elimina a distância do outro. Não se pode tocar alguém sem ser tocado. A massagem é uma comunicação não verbal.  A massagem é um corpo a corpo, um encontro com o outro, a inauguração de uma relação (Savatofski &Prayez, 1989). Ela promove o bem-estar físico e psíquico.

Muitas teorias cientificas que tratam da eficácia da massagem afirmam que a massagem causa uma diminuição do stress, da pressão sanguínea, e da frequência cardíaca por causa da estimulação do sistema parassimpático. E ainda estimula a produção da oxitocina, o que provoca calma e conforto imediatos (Hou, Chiang, Chui&Yen, 2010, pp989-899).

A massagem associada à aromaterapia pode se inscrever em uma dimensão relacional fundada no conforto.

Produtos Bleuet Aromaterapia

A Bleuet Aromaterapia possui cosméticos BEM-ESTAR ricos em óleos essenciais com finalidades variadas. São óleos de massagem 100% puros e naturais, compostos de sinergias de óleos essenciais, diluídos em três óleos vegetais altamente nutritivos e regeneradores da epiderme. São produtos práticos, eficazes, de textura confortável e perfumes deliciosos! É a aromaterapia pronta para ser usada! 

Movimento

É uma sinergia de 10 óleos essenciais reconhecidos por suas propriedades antálgicas, anti-inflamatórias e antirreumáticas indicados para o conforto muscular e articular. Sua sinergia de óleos vegetais regeneradores e nutritivos da epiderme deixa a pele macia e aveludada.

Essencial

Composto de uma perfeita sinergia de 3 óleos vegetais com propriedades nutritivas e regeneradoras da pele, associados a 3 óleos essenciais 100% puros, naturais e integrais, reconhecidos por suas propriedades drenantes, ativadoras da microcirculação periférica, descongestionantes e e tonificantes. Seu perfume, que se assemelha a uma bolha de ar fresco promove imediato bem-estar! 

Forma Express

É uma sinergia de 3 óleos vegetais com propriedades nutritivas e regeneradoras da pele com 12 óleos essenciais 100% puros, naturais e integrais, reconhecidos por suas  propriedades drenantes, desintoxicantes, ativadoras da microcirculação periférica e regeneradores da pele. Indicados para a drenagem das toxinas e do excesso de líquidos. Sua sinergia de óleos vegetais regeneradores e nutritivos da epiderme deixam a pele macia e aveludada.

Calma

Seis óleos essenciais 100% puros, naturais e integrais, reconhecidos por suas propriedades relaxantes emocionais, relaxantes musculares, antiespasmódicas e balsâmicas. Promove imediato bem-estar, acalma e favorece um sono tranquilo. Sua sinergia de óleos vegetais regeneradores e nutritivos da epiderme deixa a pele macia e aveludada.

Leveza

Creme ultrafino e ultrafresco rico em óleos essenciais e extratos vegetais reconhecidos por suas propriedades tonificantes da circulação sanguínea e linfática. Contém mentol natural. Promove um frescor imediato e alivia as pernas pesadas.

.http://bleuet.com.br/produto/leveza/

Postagens Recentes
0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar